Leonel Henckes

Archives

Leveza

Mergulho no si mesmo em busca de um impulso renovado que me  faça andar, que me faça estar a caminho, que me faça sair da inércia. Mergulho no si mesmo para descobrir meu lugar no mundo, meu lugar na arte. Nesse percurso percebo o peso, o peso insustentável da existência, o peso que insisto em

Amor cósmico

É curioso observar a suposta evolução humana. Um processo linear, causal e absolutamente lógico. Dom Juan diz à Castaneda: “Somos criaturas mágicas de percepção.” Percebedores e criadores de realidades. No entando, presos a uma inércia sem fim. A “evolução” estagnou no tempo-espaço. Tudo é energia, energia em movimento, fluxo. Para onde vamos? Questiona o herói

Estrangeiro

E de repente, estrangeiro no próprio país. – Não, eu sou brasileiro, acredite! (digo para baiana de acarajé) – Mas, você não é baiano. (ela responde) E de repente, já não sou Leo ou Leonel, muito menos Leonel Henckes. Sou “o gaúcho”, “o menino do sul”, “o branquelo”. Sem pátria, sem nome, destituído de minha